Pode isso Arnaldo?

Mãe reclama de indisciplina e abandona filhos adotivos em escola de Maringá

Publicado: 3, agosto 2017 – Narley Resende

 

Uma mulher, que trabalha como cuidadora de idosos, abandonou os dois filhos adotivos, na manhã de quarta-feira (2), em uma escola pública de Maringá, no Noroeste do Paraná. Ela teria alegado que as crianças eram “indisciplinadas” e que não queria mais cuidar delas, por não conseguir controlá-las.

O Conselho Tutelar da Zona Norte de Maringá acolheu as crianças após ser acionado pela escola. A menina de 9 anos e o menino de 8 foram encaminhados a um abrigo.

“A escola evidenciou maus tratos e fez o contato e dizendo que tinham crianças muito sujas. A orientadora disse que as crianças tinham faltado uma semana de aula e quando voltaram cheias de piolhos e marcas de maus tratos”, conta a conselheira tutelar Ivanete Tramarin Ittarelli.

De acordo com a Secretaria Municipal da Educação, o caso já havia sido notificado ao Conselho Tutelar quando professores perceberam comportamentos “estranhos” da mãe das crianças.

“Pode levar, elas já são adotadas mesmo”

A mãe disse à conselheira tutelar que não tinha condições de cuidar das crianças e que não queria mais buscá-las na escola. “A orientadora primeiro entrou em contato com a mãe e ela disse que não queria mais pegar as crianças, que não tinha condições de pegar elas. Entrei em contato também e ela disse que realmente não tinha condições. Ela disse ‘pode levar, eles já são adotados mesmo’”, relata a conselheira.

“Questionei o que eram aquelas marcas. Ela disse ‘bato mesmo’. E a menina me mostrou uma marca e me disse ‘foi a mãe que me deu uma paulada’”, conta.

As crianças são filhas biológicas da irmã da mulher. “Ela tem uma irmã que é usuária de drogas e moradora de rua. Elas foram adotadas legalmente. A certidão de nascimento já traz o nome da mãe adotiva”, afirma Ivanete.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Maringá por abandono de incapaz e maus-tratos.

Segundo o conselho, as crianças tinham marcas de agressões e teriam confirmado que apanhavam. O menino tinha uma marca de paulada nas costas. A assessoria da Polícia Civil informou que não vai se manifestar sobre o caso.

A Prefeitura de Maringá informou que o Conselho Tutelar já havia pedido a transferência das crianças para o ensino integral, após a mãe demonstrar que não tinha condições de morar sozinha com elas. Também foi solicitado apoio psicológico à família, no Centro Municipal de Apoio Especializado Interdisciplinar (Cemae). “A instrução da Secretaria é que os professores e diretores fiquem atentos”, diz a assessoria da prefeitura.

Em menos de 24 horas após o abandono das crianças na escola, algumas famílias procuraram o Conselho para manifestar interesse na adoção dos irmãos. Apesar disso, um novo processo de adoção deve ser aberto na Justiça e os interessados devem se cadastrar na Vara da Infância e Juventude de Maringá.

Como a mulher trabalha como cuidadora de idosos, a Secretaria de Assistência Social pode ser notificada. As crianças devem passar por exames no Instituto Médico Legal (IML) para registrar as agressões.

Outro caso

Em maio deste ano, uma mulher de 31 anos deixou a filha de seis anos na Escola Municipal Zuleide Portes, no Jardim Alvorada, em Maringá. Na ocasião, ela disse para a diretora que não buscaria mais a criança. O caso foi repassado ao Conselho Tutelar, que encaminhou a menina, com sinais de que havia sido agredida, para um abrigo.

Conforme o Conselho Tutelar, a mulher estava frequentando o Cemae, onde recebia apoio psicológico e já havia verbalizado rejeição a lha. “Como a família por parte de mãe também não quer car com a criança, posteriormente ela deve ser encaminhada para adoção”, explicou o conselheiro Carlos Bonm ao site O Diário de Maringá.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s